quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Novo manto de Nossa Senhora de Nazaré será apresentado hoje



Da Redação, com site oficial


Círio de Nazaré 2013
Abertura do Círio de Nazaré 2013 aconteceu nesta quarta-feira, 9, com Missa presidida por Dom Alberto Taveira.
A noite desta quinta-feira, 10, promete ser de muita emoção para os fiéis católicos que aguardam  a apresentação do novo manto de Nossa Senhora de Nazaré. A peça que vestirá a Imagem Peregrina durante as 11 procissões do Círio 2013, será apresentada nesta quinta-feira, ao final de Missa celebrada na Basílica Santuário, às 18h. O Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira, presidirá a celebração.

De acordo com Thânia Vieira, membro da diretoria do Círio 2013, a solenidade de apresentação é um dos momentos mais emocionantes dentro da programação do Círio. A expectativa da diretoria é que os fiéis gostem e, principalmente, entendam a mensagem de evangelização da peça. “O manto tem um significado, um valor que ultrapassa o material, pela simbologia e riqueza da mensagem”, explica Thânia.

Convidado pelo segundo ano consecutivo, o estilista natural de Bragança (PA), Carlos Amilcar, é quem assina o manto do Círio 2013. “Agradeço a Deus a oportunidade, a Dom Alberto Taveira e ao casal coordenador, Tânia e Kleber Vieira, pela confiança. É uma bênção dupla, onde posso criar e ao mesmo tempo colaborar em um dos grandes momentos em homenagem a Maria Santíssima”, declara o estilista.

O manto

De acordo com a organização, o desenho do manto é um trabalho voluntário e o material para confecção da peça é doado por fiéis que se candidatam todos os anos.

O trabalho com o manto de Nossa Senhora de Nazaré foi feito a partir do tema do Círio 2013: “A Igreja em oração, unida a Maria, mãe de Jesus”. Para o estilista Carlos Amilcar, o tema é muito subjetivo e tentar traduzi-lo foi o seu maior desafio. “Não pude pedir ajuda e nem opinião de ninguém, mas não tive dificuldades graças ao meu grande envolvimento com a Igreja. Tenho um envolvimento com o Círio muito profundo, desde sempre. Sou católico praticante e junto com minha família vivo esta fé com muito fervor”.

O estilista explica que todo o processo de confecção do manto levou cinco meses. “Desde que recebi o convite para este ano, passei dois meses pesquisando e estudando o tema, relacionando-o com a Bíblia e a Igreja. Os outros meses foram para a confecção de fato”, explicou Carlos.

Para a apresentação, o estilista adianta que os fiéis poderão conferir um manto com uma leitura muito simples e profunda, que convida à reflexão e à contemplação. Além disso, o trabalho ressaltará os traços da cultura do estado do Pará.

Nenhum comentário:

Postar um comentário