terça-feira, 14 de junho de 2011

CNBB debate implementação das Diretrizes da Ação Evangelizadora



As Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil (DGAE) foram tema de estudo da reunião dos secretários regionais e assessores da CNBB, nesta segunda-feira, 13, na sede da Conferência dos Bispos, em Brasília. Eles discutiram caminhos e métodos para a implementação da novas Diretrizes aprovadas na 49ª Assembleia da CNBB, no mês passado, em Aparecida (SP).
Segundo o secretário geral da CNBB, Dom Leonardo Steiner, que presidiu pela primeira vez a reunião, é tarefa do Secretariado e das Comissões Pastorais da CNBB fazer com que as Diretrizes sejam estudadas e compreendidas pelas comunidades católicas do Brasil. Dom Leonardo enfatizou, ainda, a importância das dioceses elaborarem seus planos de pastoral tendo como base as Diretrizes.
O grupo aprovou a proposta de promover um estudo mais aprofundado das Diretrizes para os assessores da CNBB, capacitando-os para ajudar na divulgação e repasse das Diretrizes. Outra proposta definida pelo grupo foi a elaboração de subsídios que ajudem a assimilar e divulgar as Diretrizes nos Regionais, dioceses e paróquias. As duas propostas serão apresentadas ao Conselho Episcopal de Pastoral da CNBB (Consep).
Dom Leonardo conclamou os secretários regionais e assessores a realizarem seu trabalho com disponibilidade e gratuidade. “A função dos secretários e dos assessores não é promoção, nem poder, mas serviço. Vamos fazê-lo da forma mais disponível e gratuita possível. Este serviço é muito importante para a Igreja”, disse.
Amanhã, 15, começa a primeira reunião do novo Conselho Permanente da CNBB. Uma das tarefas do Conselho será escolher os bispos membros para cada uma das 12 Comissões Pastorais e aprovar os nomes dos assessores apresentados pelas Comissões para o quadriênio 2011-2015.

Fonte: www.cancaonova.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário